O Canivete Films

Sexta Feira 13

Em todos os filmes um serial killer, nascido em uma sexta-feira 13, mata pessoas que se arriscam a se hospedar em Crystal Lake nesse dia fatídico.
Só no terceiro filme (Friday the 13th Part III), Jason começa a usar a famosa máscara de hóquei (máscara do time Detroit Red Wings).
Em princípio, era para ser somente um filme. Mas com o sucesso, resolveram apostar em uma continuação.
O filme foi realizado em uma cidadezinha de New Jersey chamada Blairstown.
O verdadeiro nome do acampamento Crystal Lake é Noby Boscout, uma abreviação de North Burgon Boyscout.
Na cena em que o personagem de Kevin Bacon é perfurado na cama, o supervisor de efeitos Tom Savinit teve que bombear literalmente o sangue de carneiro com uma mangueira através do corpo falso de Kevin. Mas na hora de filmar, a bomba estragou e como a cena não poderia ser repetida, ele teve de soprar para não ser interrompida. Ficando completamente sujo! (É isso ae produção!!!)
Na música do que se tornou ícone dos filmes de terror, o “chá chá chá” é na verdade uma fala da personagem de Betsy Palmer em uma cena de “Kill Her Mommy”. O tema foi feito com uma repetição das iniciais de cada palavra “Ki, Ki, Ki”, “Ma, Ma, Ma”. Quem tem boa memória e já assistiu ao filme, pode se lembrar bem dessa música incidental.
Jason já matou 258 pessoas, pendurou 85 de seus cadáveres em tetos ou árvores, já levou 435 tiros, foi esfaqueado 106 vezes, levou 20 machadadas, foi atingido por um mastro de bandeira, foi atropelado por um trator e um carro, foi soterrado por um telhado, foi atingido por vasos, um sofá, pedaços de madeira, dois torpedos, duas cadeiras, livros, uma estante, uma televisão, quebrou o pescoço no bote de Crystal Lake, teve um machado cravado no crânio (parte 3), foram fincados ao longo do seu corpo 15 barras de metal, foi atingido por uma barra de metal diversas vezes, ficou embaixo do lago preso por uma pedra e uma corrente em seu pescoço, levou 25 socos no rosto e nada disso impediu a sua volta.