O Canivete Films

Roteirista em uma agência ou produtora

A grande vantagem de se ter um roteirista em uma agência ou produtora, prende-se ao fato de que um profissional especializado no tema, que se mantém atualizado junto às novas tendências dos mercados audiovisuais clássicos, como o americano, o europeu e o brasileiro, é sempre muito bem vindo.
Hoje, por exemplo, a tendência é de se criar roteiros que favorecem muito mais a ação e o dinamismo do que os diálogos. Digamos que os novos filmes são muito mais “visuais” do que “intelectuais”, isso se pensarmos no mercado norte-americano de cinema, enquanto que o europeu continua variado e apresentando grande gama de conteúdo intelectual. Isso significa que os filmes norte-americanos são ruins? De maneira nenhuma! O que sempre digo a todos é que, se contarmos todas as escolas de cinema que estão por aí, posso afirmar que existem filmes para todos os gostos, o que torna o mercado variado, competitivo e popular.
Voltando ao tema inicial, acredito que ter alguém que estude o assunto ROTEIRO, que seja especializado nisso, enriquece qualquer tipo de produção audiovisual, proporcionando aos outros profissionais manterem-se focados em suas especialidades.
No Brasil muitas vezes o escrever não é considerado uma profissão à parte, e o trabalho de um roteirista fica incluso dentro das responsabilidades de algum outro cargo, como um diretor ou produtor,. E apesar de existirem diretores e produtores que são roteiristas fantásticos, é preferível lançar mão de um modelo com profissionais especializados, pois cargos definidos pela competência, irão, sem sombra de dúvidas, enriquecer as produções audiovisuais.